Agende: (21) 971 80 03 30

clinica-odontologica
''Construindo sorrisos e parcerias''
sorriso
''Sorria, agradeça, não tenha medo! Faça acontecer''
Franciele Almeida Grossi
dentista
''Nosso projeto é tirar sorrisos das pessoas''
odontologia-estetica-reabilitacao-oral
''A confecção da prótese estética faz do protesista
um verdadeiro criador de joias''
implantodontia-cirurgias-avancadas
''A substituição da estrutura perdida faz do
cirurgião um arquiteto de autoestima''
Slider

Infecções na boca também podem ser fatais

Odontologia Preventiva: infecções na boca também podem ser fatais

Há quem relute, mas ir ao dentista regularmente não só contribui para um sorriso bonito como ajuda a evitar outros problemas que podem variar de simples a muito complexos causando até a morte. Foi o que aconteceu com o ex-vocalista da banda Dominó, Ricardo (Bueno) Phalamesca, morto em São Paulo no último dia 16 de novembro, vítima de uma septicemia – infecção generalizada – causada por um abscesso odontogênico.

O cantor, sucesso nos anos 90, foi internado no dia 7/11 com um problema odontológico na Zona Leste da capital paulista e veio a óbito uma semana depois. Segundo nota divulgada pelo Hospital Municipal Ermelino Matarazzo, a infecção generalizada foi causada por uma bactéria que atingiu a corrente sanguínea via secreção do abscesso dentário levando à sepse.

Qualquer pessoa pode ter septicemia, mas pacientes que têm diabetes, que estejam fazendo quimioterapia ou tenham algum problema de imunidade são mais propensos. Crianças abaixo de um ano e idosos também, assim como gestantes já que na gravidez a imunidade das mulheres diminui para o corpo não usar seu sistema de defesa contra o bebê. Lembrando que a sepse não acontece do nada, mas quando algum dos fatores desencadeantes – pneumonia, abscesso dentário e outros – fazem com que a bactéria entre em contato com o sangue.

Abscessos dentários são normalmente causados por conta do crescimento anômalo dos dentes (comum no caso do siso, que provoca acúmulo de sujeira e, consequentemente, de bactérias). Outra porta de entrada de bactérias são as cáries. Por isso, a importância de higienizar corretamente os dentes e de também fazer a manutenção preventiva, indo a um dentista, com registro no CRO, a cada seis meses.

Você leu primeiro esta matéria no G1 e BOL Notícias

Deixe um comentário